😷 COVID-19: Novo Horário de Atendimento! Via Telefone: Seg a Sex das 09h às 16h | Via CHAT, E-mail e WhatsApp: Seg a Sex das 09h às 18h

Como aplicar o desenvolvimento sustentável na escola

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

desenvolvimento sustentável na escola

Mais do que apenas transmitir o conteúdo do currículo, a escola é um espaço onde os alunos aprendem atitudes, valores e habilidades. Por isso, abordar o desenvolvimento sustentável na escola é uma maneira de contribuir para a formação de pessoas mais conscientes e que irão ajudar a construir um mundo melhor.

Algumas questões atuais como a mudança climática, preservação do meio ambiente e uso racional dos recursos naturais tornam ainda mais urgente abordar o desenvolvimento sustentável na escola.

Ao ajudar os alunos a desenvolverem uma consciência sustentável, é possível alcançar suas famílias e outros ambientes frequentados por eles, aumentando a influência da escola na comunidade.

Para isso, é fundamental que a teoria e a prática sejam alinhadas para que os alunos entendam sua responsabilidade e desenvolvam hábitos que levarão consigo durante toda a vida.

A importância do desenvolvimento sustentável na escola

O conceito de desenvolvimento sustentável foi apresentado pela Organização das Nações Unidas (ONU) pela primeira vez em 1987, no relatório Our Common Future (Nosso Futuro Comum, em tradução para o português). A definição utilizada até hoje é a seguinte:

Desenvolvimento sustentável é aquele que procura satisfazer as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade das futuras gerações de satisfazerem as suas próprias necessidades.

A partir desse conceito, em 2015, foram criados os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), cada um com suas próprias metas para serem cumpridas até 2030.

Juntos, os objetivos formam um plano de ação em busca de educação para todos, crescimento econômico sustentável, erradicação da pobreza, igualdade de gênero, entre outros.

O ODS 4 trata especificamente de assegurar uma educação inclusiva, equitativa e de qualidade, mas o tema também aparece em outros objetivos, refletindo sua importância para a conquista de todas as metas descritas pelo documento.

Para isso, é preciso contar com sistemas educacionais adequados, com conteúdos relevantes e que estimulem a participação dos alunos durante as aulas. 

A sustentabilidade, portanto, deve ser incluída na estrutura de gestão e ser aplicada todos os dias, tornando-se parte da cultura da escola.

Como aplicar a sustentabilidade na educação

Além dos ODS, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) também inclui o tema entre as competências a serem desenvolvidas pelos estudantes:

“Agir pessoal e coletivamente com autonomia, responsabilidade, flexibilidade, resiliência e determinação, tomando decisões com base em princípios éticos, democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.” – BNCC

Assim, o primeiro passo é abordar a discussão sobre desenvolvimento sustentável em sala de aula e apresentar os alunos aos ODS. 

Para garantir a eficácia do projeto, é importante que os professores e a equipe pedagógica sejam capacitados para incluir o tema em suas disciplinas de maneira transversal, já que a sustentabilidade não deve ser restrita a apenas uma área do conhecimento.

Cada instituição de ensino pode escolher a melhor maneira de abordar o assunto e, para ajudar os gestores e professores, reunimos algumas dicas para colocar a sustentabilidade em prática na sua escola:

  • Coleta de água da chuva para lavar o pátio, calçadas e áreas externas;
  • Criação de um ponto de coleta de resíduos recicláveis;
  • Compostagem de resíduos orgânicos;
  • Criação de horta e envolvimento dos alunos na sua manutenção;
  • Reduzir a utilização de plásticos e papéis;
  • Criar ações de integração entre os alunos para incentivar o senso de coletividade;
  • Desenvolvimento de um sistema de reciclagem de resíduos;
  • Implementação de projetos para a reutilização de materiais recicláveis;
  • Desenvolvimento de atividades de plantio de árvores;
  • Incentivo ao uso racional de água e energia elétrica para evitar o desperdício.

Além destas, existem inúmeras ações que podem ser realizadas para que os alunos desenvolvam consciência sustentável e contribuam para um mundo melhor. 

No e-book “Sustentabilidade na escola”, apresentamos 10 dicas práticas para incluir o tema no dia a dia da sua instituição.

Nós da Geha Sistemas Especialistas, empresa desenvolvedora do URÂNIA, acreditamos que fortalecer e incentivar atitudes positivas é uma das maneiras mais eficientes de construir um mundo melhor. 

Por isso, atuamos de acordo com os ODS e incentivamos que as escolas parceiras coloquem essas atitudes em prática para ajudar as futuras gerações.

Um exemplo que já contamos na seção #ProjetosInspiradores aqui no blog é o Projeto Jardim Secreto, realizado no Colégio Estadual Manoel Ribas, em Curitiba. 

Segundo o professor de Língua Portuguesa Davi Brito da Silva, que coordena as atividades, a iniciativa começou pelo estudo da literatura infanto-juvenil em sala de aula e tem como base os desafios da ONU e os ODS.

A partir das atividades teóricas, os alunos e o professor construíram o Jardim Secreto, um espaço na escola formado por composteiras, horta, jardim e espaço para a criação de galinhas. 

Por meio das ações do projeto, os alunos aprendem a colocar em prática os conceitos de reciclagem, captação de água da chuva, reaproveitamento de resíduos sólidos e cuidado dos animais.

Dessa forma, 90% dos resíduos sólidos dos alimentos da escola são reaproveitados no jardim e o dinheiro da venda dos ovos orgânicos é usado para manter o projeto funcionando. 

O objetivo da escola para o futuro é tornar-se autossustentável na produção de frutas e verduras, captação de água da chuva e armazenamento de energia solar. 

Para isso, outros professores e funcionários também se envolvem no cuidado do jardim, tornando a iniciativa interdisciplinar e servindo como inspiração para outras escolas que desejam estimular a consciência ambiental dos estudantes.

O Colégio Estadual Manoel Ribas é usuário do URÂNIA desde 2010 e utiliza o software para gerar grades com alta qualidade pedagógica e otimizar o tempo de professores e gestores.

Com o URÂNIA, mais do que elaborar o horário escolar, o gestor tem tempo para organizar atividades sobre desenvolvimento sustentável na escola. O software é uma solução completa para criar grades com alto desempenho pedagógico e manter a escola organizada a partir do primeiro dia de aula. 

Entre em contato conosco e conheça todas as vantagens de assinar o URÂNIA.