😷 COVID-19: Novo Horário de Atendimento! Via Telefone: Seg a Sex das 09h às 16h | Via CHAT, E-mail e WhatsApp: Seg a Sex das 09h às 18h

4 dicas para evitar atritos interpessoais na escola

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

A escola é um espaço de sociabilização, em que crianças e adolescentes conhecem e aprendem a conviver com pessoas de diferentes culturas e valores. Nesse cenário, professores, gestores e outros profissionais da educação devem contribuir para a criação de um ambiente saudável e ajudar a reduzir possíveis atritos na escola, que podem prejudicar o processo de ensino e aprendizado.

Qualquer ambiente está sujeito a conflitos, discordâncias e desentendimentos, mesmo que pequenos, mas que interferem diretamente nas relações interpessoais. Por isso, uma das funções do gestor é reduzir os atritos na escola e evitar que esses problemas tenham um impacto negativo na produtividade.

Para isso, os gestores devem estimular a prática da empatia e a colaboração entre alunos, professores e demais membros da comunidade escolar, fazendo uma gestão transparente e igualitária, em que todos tenham voz para participar.

Confira nossas dicas para reduzir os conflitos e atritos interpessoais na escola:

1.Faça um planejamento e aja preventivamente

Antes de efetivamente receber os alunos para mais um ano letivo, é importante realizar uma reunião com os professores e demais profissionais para identificar os problemas iniciais e buscar soluções em conjunto.

As atividades devem ser planejadas de considerando a realidade da escola, para garantir que sejam executadas sem que ninguém seja privilegiado ou sinta-se sobrecarregado.

Lembre-se que um ambiente de trabalho saudável contribui para a satisfação dos profissionais, influenciando também a sua relação com os alunos, dentro e fora de sala de aula.

Além disso, professores que se sentem valorizados pela instituição tornam-se mais produtivos e criativos, sugerindo novos projetos, métodos e outras atividades que melhoram a qualidade do ensino.

2.Incentive o diálogo

Uma das principais causas de atritos na escola é a falta de diálogo ou problemas na comunicação.

Por isso, é importante que o diretor e o coordenador pedagógico atuem para evitar essas questões, estimulando um relacionamento transparente e cooperativo entre todos.

Na reunião de planejamento, o gestor pode começar oferecendo um espaço para que os professores possam abrir-se e opinar sobre decisões que irão afetar seu trabalho ao longo do ano.

A partir dessas informações, será possível realizar um diagnóstico geral e encontrar maneiras de incentivar a colaboração de todos.

Assim, se houver algum conflito na escola, o gestor deve mostrar-se flexível e ouvir todos os lados para compreender suas motivações.

3.Promova a união para evitar atritos na escola

Todos os professores e membros da equipe pedagógica têm um papel fundamental no processo de ensino e aprendizado. Por isso, o gestor deve incentivar a colaboração e o diálogo para melhorar o trabalho em equipe.

A empatia e a compreensão são habilidades fundamentais e devem ser exercitadas todos os dias para fazerem parte da cultura da escola.

Dessa forma, também é possível melhorar a relação dos profissionais com os alunos, já que um ambiente positivo aumenta a motivação de todos os envolvidos na rotina escolar.

4.Implemente uma gestão escolar transparente e colaborativa

Uma das possíveis causas de atritos e desentendimentos é o horário escolar. Muitos professores trabalham em mais de uma escola, por isso, têm pouca disponibilidade de horários.

Uma grade mal elaborada reflete diretamente no desempenho dos docentes. Assim, podem sentir-se desvalorizados e desrespeitados pela instituição.

Alguns professores também podem imaginar que há uma preferência, por para da direção da escola, por outros colegas que conseguiram horários melhores.

No entanto, a elaboração das grades é uma atividade bastante complexa e nem sempre o gestor consegue atender a todos os pedidos, gerando atritos desnecessários que prejudicam as relações profissionais.

Para resolver esse problema, o ideal é contar com o URÂNIA, que é uma solução automatizada e confiável.

Com o software, é possível respeitar a disponibilidade dos profissionais, atender suas preferências quanto à forma de distribuição das aulas, controlar o tempo de deslocamento e outras funções que facilitam o trabalho da gestão escolar.

Conte com o URÂNIA para criar horários escolares equilibrados que ajudam a reduzir os atritos na escola. Entre em contato conosco e conheça todas as funcionalidades do sistema.