🎉🥁 Confira nosso horário de atendimento durante o Carnaval: 24 e 25/02 – Sem Expediente | 26/02 – A partir das 13h 🥁🎉

Metodologias ativas de ensino: o que são e como funcionam

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Com as mudanças tecnológicas, sociais e educacionais das últimas décadas, o ambiente escolar vem sofrendo diversas transformações. Os alunos de hoje são diferentes dos estudantes do passado, pois estão sempre conectados e têm acesso fácil a todo tipo de informação. Nesse sentido, utilizar metodologias ativas de ensino e criar aulas mais dinâmicas ajuda a motivar os alunos a serem protagonistas na construção do conhecimento.

As metodologias ativas de ensino podem ser aplicadas de várias formas, dependendo do objetivo da instituição. Assim, ao aplicar aulas menos expositivas e mais interativas é possível estimular a autonomia intelectual dos alunos por meio de atividades planejadas pelo professor, promovendo habilidades de interpretação, análise, relacionamento e comparação, por exemplo.

O que são metodologias ativas de ensino?

As metodologias ativas de ensino colocam o aluno como protagonista no processo de aprendizagem, deixando de ser um agente passivo, que apenas escuta o que é ensinado, e passando a se engajar na busca pelo conhecimento.

Assim, os alunos são estimulados a utilizar leituras, debates, trabalhos em equipe e estudos de caso para refletir sobre os assuntos propostos pelo professor e se expressar em sala de aula. Por isso, o interesse e entusiasmo do aluno em aprender são essenciais para o resultado final.

Ao utilizar essas práticas comuns em sala de aula, o professor se torna orientador e facilitador dos estudos em vez de apenas transmitir o conteúdo

Qual a importância das metodologias ativas de ensino?

A principal vantagem de utilizar uma metodologia ativa de ensino em sala de aula é estimular o desenvolvimento de cada aluno como pessoa, cidadão e profissional. Para isso, o professor oferece maior liberdade e autonomia para que o estudante desenvolva suas habilidades e percepções sobre o mundo ao seu redor.

Dessa forma, a escola cumpre seu papel de estimular o senso crítico dos alunos e fortalecer a capacidade de pensar, avaliar, interpretar e questionar os conteúdos em vez de simplesmente absorver – ou decorar. Com isso, os alunos:

  • Desenvolvem confiança e autonomia;
  • Têm mais motivação para aprender;
  • Começam a enxergar o aprendizado como algo tranquilo;
  • Melhoram sua capacidade de resolver problemas;
  • Tornam-se profissionais mais qualificados;
  • Adquirem habilidades de comunicação e relacionamento com outras pessoas;
  • Melhoram seus resultados acadêmicos de forma geral;
  • Tornam-se protagonistas de seu aprendizado.

A escola também se beneficia da aplicação dessas metodologias, já que os estudantes ficam mais satisfeitos com o ambiente e têm uma percepção melhor com relação à instituição. A partir disso, a escola passa a ser mais reconhecida no mercado e aumenta sua capacidade de atração, captação e retenção dos alunos.

Dinâmicas de metodologia ativa

Colocar os alunos no centro da aprendizagem é a base e pode ser aplicada de várias formas. Conheça algumas dinâmicas que podem ser aplicadas em instituições de ensino da educação infantil ao ensino superior:

  • Aprendizagem baseada em problemas (PBL, na sigla em inglês para project based learning): esta metodologia tem o objetivo de fazer com que os alunos aprendam por meio da resolução colaborativa de desafios. Nesse sentido, o professor atua como mediador ao provocar e instigar os estudantes a buscarem as soluções por si mesmos, estimulando o pensamento crítico e a reflexão.
  • Aprendizagem entre times (TBL, na sigla em inglês para team based learning): a partir da formação de equipes dentro da turma, o propósito é privilegiar o compartilhamento de ideias e o aprendizado em conjunto. Assim, o professor pode trabalhar com base em um projeto ou estudo de caso para que os alunos resolvam os desafios de forma colaborativa com discussões e reflexões em grupo.
  • Sala de aula invertida: também conhecida como flipped classroom, neste modelo o estudante tem acesso antecipado ao conteúdo e o tempo em sala de aula é usado para interagir com os colegas e tirar dúvidas com o professor. Para isso, o aluno constrói seu aprendizado com o auxílio da tecnologia e a partir da utilização de vídeos, imagens e textos em formatos variados. 

Agora que você já conhece a importância de uma metodologia ativa de ensino para o aprendizado dos alunos, saiba como otimizar a rotina do professor.