😷 COVID-19: Novo Horário de Atendimento! Via Telefone: Seg a Sex das 09h às 16h | Via CHAT, E-mail e WhatsApp: Seg a Sex das 09h às 18h

Ensino híbrido: como gerar um horário otimizado para a volta às aulas presenciais

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Ao longo do tempo, a educação passou por diversas transformações e com a pandemia de coronavírus não foi diferente. A suspensão das aulas presenciais para conter a disseminação do vírus levou grande parte das escolas a adotarem novas formas de ensino, como aulas online, por exemplo. Agora, ao pensar sobre o retorno às aulas presenciais, o ensino híbrido, apresenta-se como um modelo promissor.

O ensino híbrido é visto como a melhor alternativa para o mundo pós-pandemia porque, ao combinar aulas presenciais e online, as instituições podem reduzir a quantidade de alunos por turma e, com isso, evitar aglomerações no espaço físico da escola. Porém, a implementação desse modelo de ensino exige muito planejamento e uma reorganização da rotina escolar.

No entanto, para garantir o aprendizado dos alunos, ainda é preciso ter um horário escolar otimizado e com alta qualidade pedagógica.

O que é ensino híbrido?

O ensino híbrido, também conhecido como semipresencial ou blended learning, é a metodologia que combina aulas presenciais e remotas. 

Dessa forma, em alguns momentos o aluno estuda sozinho e, em outros, é estimulado a interagir com os colegas e o professor, que assume um papel de facilitador e mediador da aprendizagem nos encontros presenciais.

No contexto atual, em que as aulas presenciais foram suspensas para garantir a segurança de todos os membros da comunidade escolar, a tecnologia assumiu um papel ainda mais importante na educação.

Assim, a tendência para a educação pós-pandemia é que as escolas continuem adotando novas tecnologias no dia a dia, colocando o aluno como protagonista do próprio aprendizado. Já os professores precisarão lidar com os desafios de auxiliar uma geração de alunos nativos digitais a buscarem o conhecimento de novas formas.

Para colocar o ensino híbrido em prática, muitas escolas terão de fazer adaptações de carga horária e matriz curricular, por exemplo. 

Para isso, ter um horário híbrido otimizado é essencial para que a escola possa colocar em prática as medidas de proteção contra a COVID-19 e auxiliar os alunos e professores no retorno às aulas presenciais.

Como o horário híbrido facilita o retorno às aulas presenciais

Com a implementação das medidas de higiene necessárias para receber alunos, professores e demais profissionais com segurança, o retorno às aulas presenciais irá exigir a adaptação da infraestrutura da escola para manter o distanciamento social e evitar aglomerações.

Além disso, com a adoção do ensino híbrido, surge um novo desafio: como organizar o horário escolar para incluir as aulas presenciais e online, sem prejudicar o aprendizado e maximizando os recursos disponíveis na escola?

O horário híbrido requer um maior planejamento prévio dos gestores, pois alterações na disponibilidade ou na carga horária semanal dos professores, assim como mudanças na matriz curricular e na distribuição das turmas, podem ser necessárias para garantir a funcionalidade da grade.

Para ajudar os gestores no desafio de elaborar o novo horário, nós da Geha Sistemas Especialistas, empresa desenvolvedora do URÂNIA, criamos, em colaboração com profissionais da educação de todo o país, o e-book “Volta às aulas presenciais: como montar um horário híbrido otimizado”.

Neste e-book, você irá encontrar:

  • Cuidados com a higiene para o retorno às aulas presenciais;
  • Mantendo o distanciamento social na escola;
  • Informações necessárias para a elaboração de horários híbridos;
  • O segredo para gerar horários híbridos otimizados.

O capítulo 3 do e-book contém um método desenvolvido pela Geha, empresa com mais de 30 anos de experiência na resolução de horários escolares, para ajudar você a elaborar horários híbridos de forma otimizada.

Este método leva em consideração a capacidade permitida de alunos nos espaços da escola, a quantidade possível de alunos nas aulas presenciais e remotas, a disponibilidade dos professores e outros fatores que ajudam a criar uma grade funcional.

Com este método, reduz a necessidade de professores extras, otimiza a utilização dos espaços e respeita ao máximo a disponibilidade dos docentes, sem prejudicar o aprendizado dos alunos.

e-book volta às aulas presenciais: como montar um horário híbrido otimizado

Conte com o URÂNIA para o retorno às aulas pós-pandemia! Faça o download do e-book gratuito “Volta às aulas presenciais: como montar um horário híbrido otimizado” e vença mais este desafio.