☣️ COVID-19 ☣️ atendimento durante a quarentena: Seg a Sex das 09h às 18h | exclusivamente por CHAT, WhatsApp e e-mail

Coronavírus: 5 dicas práticas para coordenadores pedagógicos lidarem com a pandemia

Tempo estimado de leitura: 6 minutos

A pandemia de coronavírus mudou a rotina de milhões de pessoas em todo o mundo, e com as escolas não foi diferente. Assim, com a interrupção das aulas presenciais, os coordenadores pedagógicos têm um papel ainda mais importante para ajudar a escola a superar os desafios que surgiram com o ensino a distância.

Neste momento, entre as funções de gestão de crise, resolução de problemas, atendimento aos profissionais e famílias, tomada de decisões e diversas outras atividades diárias, muitos gestores escolares estão sobrecarregados. Por isso, reunimos 5 dicas práticas para ajudar os coordenadores pedagógicos a lidarem com a pandemia:

1. Priorize a comunicação

Uma das funções do coordenador é agregar e criar um diálogo eficaz entre todos os atores do ambiente escolar, como professores, familiares e alunos da instituição. 

Sobretudo neste momento de crise, a comunicação é essencial para manter todos informados das ações que estão sendo realizadas e garantir que a equipe esteja alinhada.

Para isso, é importante utilizar a tecnologia e manter um canal de comunicação aberto com a comunidade escolar e acadêmica. Com essas ferramentas tecnológicas, é possível organizar reuniões e monitorar a realização das atividades mesmo com o distanciamento social.

2. Tenha empatia para orientar os professores e as famílias dos estudantes

A empatia, que é a capacidade de entender o que a outra pessoa está sentindo, é uma habilidade muito importante para um coordenador pedagógico, especialmente em tempos de pandemia e ensino a distância. É preciso considerar que, com a mudança repentina de rotina, todos estão enfrentando dificuldades para adaptar-se e é preciso levar esses fatores em consideração.

Por isso, procure ter empatia para lidar com os professores que têm dificuldades tecnológicas e elabore materiais de referência para facilitar esse processo. 

Alguns alunos e pais também precisam de atenção especial e o papel do coordenador pedagógico é oferecer ferramentas para superar esses desafios emocionais e educacionais. 

Assim, especialmente neste momento, o coordenador deve gerenciar bem suas emoções para influenciar o ambiente de forma positiva e construtiva.

3. Mantenha a equipe próxima aos coordenadores pedagógicos

A tecnologia facilita diversos aspectos do processo de ensino e aprendizado e é importante que o coordenador pedagógico utilize essas ferramentas para dar suporte à equipe. 

Alguns sites e aplicativos de gerenciamento de projetos ajudam a organizar as tarefas, atribuí-las aos responsáveis e acompanhar sua realização, por exemplo.

Além disso, ferramentas de chat e videoconferência permitem a realização de reuniões para discutir o planejamento pedagógico, reposição de aulas pós-pandemia, entre outros detalhes do dia a dia. 

4. Envolva a comunidade na rotina escolar

Mesmo com o distanciamento social, é importante envolver a comunidade escolar e acadêmica na rotina da instituição para manter um ambiente agradável e colaborativo. 

Para isso, além da preocupação com a aprendizagem a distância, o coordenador pedagógico também deve ficar atento ao equilíbrio emocional e à saúde mental de estudantes e professores.

Lembre-se que alunos com problemas emocionais podem ter dificuldades de aprendizado, portanto, a escola também deve fornecer suporte para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais durante a pandemia. 

Com isso, o coordenador ajuda a reduzir as chances de evasão e coloca em prática o papel da escola de apoiar e conectar-se com todas as pessoas que fazem parte dela.

5. Crie um plano para a retomada das aulas presenciais após a pandemia 

A retomada das aulas presenciais no pós-pandemia ainda é um assunto incerto, mas a escola já deve começar a planejar e preparar o local para receber alunos, professores e demais profissionais. 

Assim, para garantir um retorno seguro e adequado, é importante que os gestores acompanhem o desenvolvimento das atividades a distância e avaliem quais ações deverão ser tomadas para o retorno.

Para isso, um horário escolar bem elaborado é a principal maneira de manter a escola funcionando desde o primeiro dia de aula. 

Nesse momento, o URÂNIA é o grande aliado dos coordenadores pedagógicos e gestores, pois é capaz de criar grades com horários híbridos ou semipresenciais que melhoram o desempenho de professores e alunos.

Com o URÂNIA, o gestor pode elaborar o horário escolar de várias sedes ao mesmo tempo, organizar os horários de entrada e saída de forma escalonada, planejar a reposição de atividades e muito mais. O software permite ainda a elaboração de testes e alterações sempre que necessário. 

Conte com o URÂNIA para facilitar o trabalho de coordenadores pedagógicos, professores, gestores e melhore o aprendizado dos alunos durante e após a pandemia de coronavírus. Entre em contato conosco e resolva a grade da sua instituição de ensino.