⏰ HORÁRIO DE ATENDIMENTO: SEG. A SEX. DAS 08H ÀS 18H ☎️ 0800 702 2011 📧 CONTATO@HORARIO.COM.BR

10 dicas para aproximar alunos e escola com o Instagram

Tempo estimado de leitura: 10 minutos

Se os alunos já estão nas redes sociais, a família tem grupo no WhatsApp e os professores gravam aulas para o YouTube, por que ainda não temos uma presença consistente da escola no Instagram? 

Considerando que as crianças e jovens em fase escolar são usuários nativos de redes sociais, o que antes era uma opção das instituições, agora é um caminho natural para criar conexões com o seu público e interagir com as novas gerações.

O Brasil é o terceiro país com mais usuários do Instagram no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia. Um estudo realizado pelo Cuponation em janeiro de 2021 mapeou os hábitos dos brasileiros e revelou que os habitantes locais passam cerca de cinco horas por dia nas redes sociais. Isso faz do Brasil o segundo colocado no ranking global dos países com maior tempo de uso das redes. 

Escola no Instagram e alunos mais engajados 

Toda vez que pais e professores compartilham nas redes sociais momentos felizes com seus filhos e alunos na escola, acabam agindo como embaixadores da marca e dando visibilidade ao trabalho realizado pela instituição. O mesmo acontece com os estudantes sempre que fazem alguma postagem ou story relacionado às experiências escolares, principalmente usando a hashtag da escola no Instagram. 

Mas para motivar compartilhamentos espontâneos e garantir uma boa dose de engajamento, é preciso oferecer conteúdo de qualidade, descontraído e interessante para conectar alunos, pais, professores e toda a comunidade escolar. Por isso, preparamos 10 dicas para aproximar os alunos da escola no Instagram. Confira! 

1 – Se a sua escola ainda não tem um perfil, comece do início 

Crie uma conta gratuitamente no aplicativo, preencha com os dados da escola e use a logomarca como imagem de perfil. Em seguida, clique na opção “editar perfil”, descreva a instituição em 150 caracteres e insira o endereço do site. Esse link é conhecido como  “link na bio”, que vem de biografia.

Você pode optar por uma conta comercial, que permite visualizar dados de engajamento e alcance, entre outras vantagens. Dedique um certo tempo para planejar as primeiras postagens, visto que elas serão uma forma de apresentação da escola no Instagram. 

Uma boa sugestão é começar com algumas imagens de quando a escola foi fundada, melhor ainda se houver um vídeo! Aproveite para contar a novidade aos  alunos, familiares e toda a equipe pedagógica. Não há nada de errado em deixar claro que será incrível se eles curtirem, compartilharem e comentarem nos posts da escola. 

2 – O Instagram é uma rede social de imagens 

É preciso buscar o equilíbrio entre imagens produzidas e imagens sem nenhuma produção, mais descontraídas e reais. O Instagram é um aplicativo sobretudo visual. Por isso, imagens bonitas e cativantes são realmente muito importantes, ainda mais se você considerar que a próxima imagem da linha do tempo está a um movimento do dedo.  

Não se trata de produzir um cenário ou de pedir para crianças em uma atividade pararem de brincar para fazer uma fotografia e sim de que o ambiente deve estar, com uma boa iluminação e a foto o mais nítida possível. É só pensar que essa imagem precisa motivar uma ação, que pode ser uma curtida, um comentário ou um compartilhamento. 

3 – Aposte nas opções de vídeo para apresentar a escola 

É hora de criar conteúdo para mostrar a estrutura da escola no Instagram e os vídeos são ótimas soluções para esse tipo de postagem. Você pode postar vídeos com até um minuto no feed ou escolher o formato vertical IGTV para vídeos com mais de 60 segundos, mas a novidade do aplicativo é o Reels, com vídeos de máximo 30 segundos e propostas bem divertidas.

Vale lembrar que não é preciso investir em nenhuma super produção. Vídeos simples e humanizados costumam cumprir muito bem essa função, especialmente se esse material for produzido em parceria com os estudantes e professores. 

4 –  Não ignore as oportunidades de conexão dos stories 

Estatísticas apontam que 70% de usuários do Instagram assistem os stories primeiro e só depois vão para as postagens do feed. Publicações curtas de 15 segundos que ficam no ar por apenas 24 horas, os stories oferecem diversas possibilidades de interação com as crianças, jovens e adultos. 

Existem adesivos especiais no aplicativo que vão te ajudar nessa missão, entre eles, as opções para fazer perguntas, enquetes e testes. Se você tiver mais de 10 mil seguidores, utilize o arraste para cima para direcionar seu público a algum link específico, como páginas de projetos. Produza conteúdo original e compartilhe os stories quando marcarem a escola no Instagram. 

5 – Linguagem informal para cativar e educar 

Fotos e vídeos são prioridades nessa rede, mas a legenda é a sua ferramenta para tornar cada postagem única, propondo o diálogo com o seu público. Tenha em mente que a linguagem informal é uma característica do Instagram, então escreva os textos como quem conversa com um amigo. Em algumas publicações você vai contar uma história, em outras vai dizer como foi seu dia e nas seguintes pode contar uma novidade. 

6 – Use as hashtags certas e não abuse 

Se antes as hashtags eram somente uma forma de apresentar seu conteúdo para grupos com interesses semelhantes, como uma opção de divulgação gratuita,atualmente, o símbolo conhecido como “jogo da velha” e representado pela forma #, pode ser usado para conectar pessoas e representar causas, sentimentos e manifestações da sociedade. 

Crie uma hashtag com o nome da escola no Instagram para usar sempre que fizer uma postagem, mas também pesquise as melhores alternativas de acordo com cada tema. Por exemplo, ao divulgar fotos de uma atividade sobre reciclagem, utilize também as hashtags #reciclagem e #reduzareuserecicle. 

7 – Assim como nas relações reais, estar presente é importante

Postar com regularidade é uma das formas para aproximar verdadeiramente escola, alunos, pais e professores. Longos períodos sem postagens podem passar a sensação de um perfil abandonado. 

Então, a solução é planejar as postagens com antecedência e usar estratégias como a #tbt, uma abreviação de Throwback Thursday, para postar na quinta-feira fotos que ainda não foram vistas. Não existe uma regra de quantas postagens por dia ou semana você deve fazer. Isso vai depender do seu público e do conteúdo que a escola tem para apresentar.  

8 – Quem a escola deve seguir? 

Se a sua escola faz parte de uma rede, a sugestão é começar seguindo as outras unidades e também parceiros. Além disso, seguir perfis de museus, bibliotecas, centros esportivos, organizações relacionadas à educação, personalidades da imprensa, escritores e formadores de opinião pode aumentar a relevância da sua audiência. 

9 – Faça parcerias e compartilhe conteúdo de qualidade 

Aplicativos gratuitos e fáceis de usar, como o Repost for Instagram, vão te ajudar a compartilhar publicações de outros perfis. Essa é uma forma valiosa de oferecer conteúdos incríveis para o seu público e ainda fortalecer parcerias importantes.   

10 – A autorização do uso de imagem é fundamental 

Para evitar problemas, antes de programar postagens com fotos de alunos no perfil da escola no Instagram, certifique-se de que sua instituição possui autorização de uso de imagem dos alunos, pais e funcionários. 

Essa solicitação pode ser adicionada ao contrato feito entre os pais e a escola. No caso dos professores, a escola pode incluir uma cláusula no contrato de trabalho. Deve ficar claro que essas imagens serão utilizadas para materiais institucionais, como o site da escola e redes sociais, e não com objetivo comercial. 

Dica extra 

Para que o perfil da escola seja mais que um perfil institucional ou um espaço para divulgar sua marca e usar estratégias de marketing digital, permita que alunos, pais e professores participem ativamente da criação do seu conteúdo. 

A escola no Instagram é uma extensão da instituição fora do horário de aula, no celular ou no tablet. Campanhas, projetos e apresentações, não deixe nada de fora. Tudo que acontece de importante e interessante na escola, pode e deve estar no seu perfil.

Para finalizar, vale lembrar que é preciso ir além das publicações e buscar um tempo para interagir com o seu público, respondendo comentários e mensagens, ou até a caixinha de perguntas dos stories, uma novidade que pode garantir ótimo engajamento. 

Gostou do post? Siga o URÂNIA no Instagram, no Facebook e fique por dentro das novidades! Conte para a gente o que você achou do conteúdo com a #programaurania nas redes!

Se quiser saber mais sobre o URÂNIA e como elaborar horários escolares otimizados, entre em contato conosco pelo site ou chat online.