A importância da proposta pedagógica

Tempo estimado de leitura: minutos

importancia-da-proposta-pedagogica

Por esse motivo, a educação voltada para Geração Z envolve desafios diários. Afinal, manter o foco daqueles que nascem e vivem conectados não é uma tarefa fácil.

Nessa senda, cabe a gestão escolar elaborar novas propostas pedagógicas para conquistar o interesse dos alunos, bem como alcançar os objetivos de ter uma instituição de ensino bem-sucedida.

O que é uma proposta pedagógica?

A proposta pedagógica é uma obrigação das escolas prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação, que tem como objetivo principal garantir a autonomia das instituições de ensino no que se refere às questões ligadas às gestões pedagógicas, administrativas e financeiras.

Como é a ideia é dar independência às instituições de ensino, a LDB serve como um guia, dessa maneira, há uma certa flexibilidade que permite que cada escola esteja livre para elaborar sua proposta pedagógica de acordo os interesses da comunidade onde está inserida.

Leia também: Educação 3.0 e ensino híbrido: Como a tecnologia pode atuar a favor da educação.

Qual a importância da proposta pedagógica?

Estamos passando por um  momento de transformação e inclusão, logo a escola deve oferecer muito mais do que apenas o aprendizado básico. É preciso que haja multidisciplinaridade, ou seja, além das disciplinas tradicionais do currículo estudantil, é necessário introduzir os alunos em conceitos como a inclusão social, direitos humanos, ética, cidadania e relação com o meio ambiente.

Uma instituição de ensino que possui uma proposta pedagógica bem elaborada e eficiente poderá observar impactos muito significativos na captação e retenção de alunos, na qualidade do ensino por ela promovido e nos níveis de satisfação e contentamento do corpo docente, dos alunos e de suas respectivas famílias.

Quatro etapas para a criação de uma proposta pedagógica de sucesso

  • Primeiramente, antes mesmo de começar a elaborar a proposta pedagógica da escola, faz-se necessário ler e seguir as orientações contidas nas diretrizes elaboradas pelo Conselho Nacional de Educação e nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN). Além disso, a Base Nacional Comum Curricular, estabelece uma série de conteúdos que devem ser lecionados e seguidos, assim como as competências socioemocionais;
  • O segundo ponto de grande importância, é garantir a sua real efetividade, para isso, faz-se necessário obter a participação e contribuição de todos os envolvidos, ou seja, professores, alunos, gestores, coordenadores, pais e comunidade em geral. É preciso criar um espaço de colaboração, que faça  valer o que é melhor para os alunos.
  • O terceiro ponto, faz-se necessário trabalhar uma proposta que deve estar, acima de tudo, alinhada ao local, comunidade e público-alvo que atende para que gere os resultados esperados. De nada adianta tentar copiar um modelo que não se adequa a realidade dos alunos;
  • E por último, é preciso entender que mesmo após concluída a proposta pedagógica, o trabalho ainda não acabou. Para que seja efetiva é importante que ela esteja em constante revisão, realinhamento e replanejamento, afinal é importante estarmos atentos à qualquer mudança que possa afetar a proposta.

Considerações finais

Toda e qualquer proposta pedagógica na escola deve ser voltada para o aprimoramento intelectual, social e educacional dos alunos, levando em consideração suas necessidades.

Se você gostou do texto, contribua para enriquecer a discussão sobre esse assunto! Te convidamos para compartilhar a sua experiência, opiniões e dúvidas sobre o tema nos comentários abaixo. Até a próxima!

Fonte:

http://escolapinheiro.com.br/?page_id=2329

https://novaescola.org.br/conteudo/453/proposta-pedagogica-planejamento-bases-sucesso-escolar

https://www.somospar.com.br/entenda-a-importancia-da-proposta-pedagogica-da-escola/