😷 COVID-19: Novo Horário de Atendimento! Via Telefone: Seg a Sex das 09h às 16h | Via CHAT, E-mail e WhatsApp: Seg a Sex das 09h às 18h

Gestão escolar: Qual é o papel do diretor, coordenador e orientador na organização de uma escola

Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Todas as instituições de ensino buscam entregar uma educação de qualidade, com um espaço organizado e eficiente para garantir o pleno aprendizado dos estudantes. No entanto, para que isso aconteça é preciso uma boa gestão escolar em que o diretor, coordenador, orientador e demais profissionais atuem para complementar o papel do professor em sala de aula.

Antigamente, era comum que a responsabilidade pelo aprendizado do aluno fosse apenas do professor, mas, desde a década de 1970, os especialistas no assunto defendem que a atuação do orientador, diretor e coordenador também tem papel fundamental para a evolução dos estudantes e da escola como um todo. 

Assim, enquanto o diretor da escola recebe o feedback e orientações da Secretaria da Educação, orientadores e coordenadores estão mais próximos dos alunos, dos professores e da gestão da instituição de ensino. Por isso, é importante que todos se comuniquem e criem uma relação de confiança que terá como maior beneficiado o aluno.

Uma das formas de medir a qualidade de uma escola é verificar o resultado do Ideb, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Essa avaliação é realizada pelo Ministério da Educação (MEC) e considera aspectos como gestão escolar, a prática dos professores e o sucesso dos alunos.

Ou seja, uma escola de qualidade é formada por diversas pessoas que devem trabalhar de forma integrada pensando na formação dos alunos como cidadãos. Para entender melhor como essa ideia pode ser colocada em prática, conheça mais sobre o papel de alguns dos responsáveis pela gestão escolar:

Qual é o papel do diretor na gestão escolar?

Normalmente a primeira pergunta que realizamos quando falamos em gestão escolar é: qual é o papel do diretor?

Vale lembrar que este profissional tem a função de liderar e organizar o trabalho de todos os seus funcionários, principalmente os professores.

O diretor escolar tem o papel de traçar os objetivos e metas da instituição de ensino a respeito do aprendizado e do método de ensino que será aplicado na escola. Por isso, cabe a ele realizar reuniões com professores, orientadores e coordenadores para entender as necessidades de seus estudantes e encontrar a solução para os imprevistos que podem ocorrer.

É também o diretor quem tem a responsabilidade legal e pedagógica pela instituição de ensino e quem responde judicialmente por algum problema. Ou seja, não apenas pelo método de ensino, mas pela conduta de todos os professores.

O diretor da escola também articula com a comunidade interna e externa para arrecadar recursos e integrar as pessoas na rotina escolar, além de promover a capacitação dos docentes e funcionários.

Confira outras funções do diretor escolar:

  • Realizar reuniões periódicas com os pais, professores e coordenação da escola;
  • Supervisionar o Projeto Político Pedagógico (PPP);
  • Gerenciar a atuação da equipe docente;
  • Organizar eventos escolares;
  • Envolver a comunidade escolar no dia a dia da instituição;
  • Implementar as políticas públicas e diretrizes estabelecidas por órgãos governamentais;
  • Realizar a gestão financeira da instituição;
  • Analisar e acompanhar o desenvolvimento dos alunos.

Qual o papel do coordenador pedagógico e do orientador educacional?

O coordenador pedagógico é também um dos profissionais que mais recebem cobranças internas e externas. Por ser um expert nas práticas de ensino, ele se torna uma espécie de conselheiro para professores e também para pais interessados na metodologia de ensino aplicada.

Assim, o coordenador é responsável pelo direcionamento e acompanhamento do trabalho pedagógico realizado na escola e atua para ajudar os professores a encontrar as melhores formas de otimizar a aprendizagem dos alunos. 

Por isso, deve conhecer diversos métodos de ensino e auxiliar os docentes a analisar o perfil das turmas e dos alunos individualmente para identificar suas dificuldades.

Por conhecer bem as práticas de ensino e ter mais experiência, ele atua junto ao diretor para facilitar o trabalho que é feito em sala de aula e expor as vantagens da prática adotada. Além disso, também atua diretamente com os pais e familiares dos alunos, seja em reuniões individuais ou eventos pedagógicos.

Conheça outras atividades que fazem parte do papel do coordenador pedagógico:

  • Participar da elaboração do Projeto Político Pedagógico;
  • Acompanhar o cumprimento do PPP na rotina escolar e observar os pontos que podem ser melhorados;
  • Avaliar os materiais didáticos utilizados pelos professores para garantir o cumprimento dos objetivos educacionais;
  • Garantir a organização dos registros do trabalho pedagógico, de acordo com as normas da instituição e de órgãos governamentais;
  • Acompanhar o trabalho dos professores por meio dos planos de aula e da observação das aulas;
  • Avaliar, junto aos professores, o desempenho das turmas e dos alunos individualmente;
  • Sugerir intervenções pedagógicas para melhorar a aprendizagem de todos, inclusive de alunos com necessidades especiais;
  • Realizar reuniões de pais e mestres junto aos professores.

Assim, enquanto a atuação do coordenador pedagógico é mais próxima dos professores, o orientador educacional é uma espécie de mediador que auxilia na articulação entre docentes, alunos e pais.

O orientador educacional tem o papel de diagnosticar o nível de aprendizagem do aluno e suas dificuldades, coordenar o professor e identificar os pontos que podem estar atrapalhando a evolução dos estudantes. Para isso, atuam com foco no currículo disciplinar para entender de uma forma ampla o comportamento dos alunos.

Dessa maneira, o trabalho do orientador educacional é voltado à formação do estudante como cidadão, levando-o a refletir sobre valores morais e éticos e formas de resolução de conflitos. Nesse sentido, o dia a dia deste profissional envolve circular pelos ambientes da instituição para conviver com os alunos e construir um relacionamento de confiança. 

A partir disso, desenvolve projetos dentro e fora de sala para incentivar o diálogo e a integração entre todos os envolvidos na instituição. Confira outras funções que fazem parte do papel do orientador educacional:

  • Auxiliar a escola a organizar e colocar em prática a proposta pedagógica;
  • Ouvir, orientar e dialogar com alunos e professores;
  • Contribuir para o desenvolvimento pessoal do aluno e a formação de seus valores, emoções, sentimentos e atitudes;
  • Atuar junto ao professor para compreender o comportamento dos alunos e agir de maneira adequada;
  • Participar da realização do Projeto Político Pedagógico da escola;
  • Ajudar o professor a lidar com a dificuldade de aprendizagem dos alunos;
  • Mediar conflitos entre alunos e professores.

Agora que você já sabe o papel de cada profissional, é preciso ter em mente que uma boa gestão escolar é fruto da sintonia entre eles. 

Entre as funções da equipe gestora está a elaboração de documentos essenciais para a escola, como o PPP e o planejamento pedagógico. Para isso, é preciso que todos trabalhem em conjunto para buscar as mesmas metas. 

Planejamento pedagógico: tudo o que você precisa saber

O planejamento pedagógico é um documento com informações relevantes sobre a instituição e que define as futuras atividades da escola. Assim, serve como base para diversas ações durante o ano letivo e ajuda a gerenciar o tempo e os recursos financeiros da instituição.

Com este documento, é possível ter maior controle sobre as atividades realizadas na escola e garantir que as necessidades de todos sejam levadas em consideração. As informações presentes no planejamento pedagógico também ajudam a definir as principais metas a serem cumpridas e a lidar com imprevistos durante o ano letivo.

Por ser um documento importante para a escola como um todo, é fundamental que o planejamento pedagógico seja elaborado a partir do diálogo entre a equipe pedagógica (diretor, coordenador, orientador), professores, funcionários e comunidade escolar. 

A partir da integração de todos os interessados, é possível coletar informações que serão usadas para atender as necessidades de todos e melhorar a qualidade do ensino.

Para ajudar na elaboração deste documento, criamos o e-book gratuito Planejamento pedagógico: tudo o que você precisa saber, com dicas e informações essenciais para facilitar a gestão escolar.

No e-book, você irá aprender:

  • O que é o planejamento pedagógico;
  • Quando deve ser feito;
  • Qual a importância do planejamento pedagógico;
  • Quem faz o planejamento pedagógico;
  • Como montar o planejamento;
  • Dicas para um planejamento pedagógico eficaz;
  • Como facilitar a gestão escolar.

Com a elaboração de um planejamento pedagógico eficaz e adaptado às necessidades da sua escola, é possível ter um panorama da instituição de ensino como um todo, junto a uma visão mais detalhada para a destinação de recursos. 

Dessa forma, o diretor, coordenador, orientador e demais profissionais da instituição terão uma base concreta para oferecer um ensino de qualidade aos alunos.