⏰ CONFIRA NOSSO HORÁRIO DE ATENDIMENTO! SEG. A SEX. DAS 09H ÀS 18H | ENTRE EM CONTATO CONOSCO! ☎️ 0800 702 2011 📧 CONTATO@HORARIO.COM.BR

Entenda como o espaço físico da escola contribui para o processo de aprendizagem

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

A construção do conhecimento vai muito além do aprendizado em sala de aula. Por isso, o espaço físico da escola também deve ser considerado como parte da proposta pedagógica e do processo de aprendizagem dos alunos.

Desde a organização das salas de aula e outros ambientes compartilhados até a arquitetura do prédio e o tipo de mobiliário utilizado, todos os elementos são importantes para o desenvolvimento do aprendizado dos alunos.

Ao incluir o espaço físico na proposta pedagógica e considerá-lo parte da formação dos alunos, a escola estimula-os a se tornarem mais independentes e ter maior autonomia sobre o próprio aprendizado.

A importância do espaço físico para o processo de aprendizagem

O ambiente escolar deve ser organizado com o objetivo de oferecer um lugar acolhedor e prazeroso para o aluno em todas as fases, desde os primeiros anos da Educação Infantil até o final do Ensino Médio.

Assim, o espaço deve ser planejado de acordo com a faixa etária dos estudantes e oferecer estímulos adequados para que desenvolvam suas potencialidades da melhor maneira possível, pensando na sua formação completa como cidadãos.

Para isso, é importante levar em consideração quatro aspectos que se inter relacionam:

  • Dimensão física: condições da infraestrutura escolar e organização do mobiliário;
  • Dimensão temporal: quando e como cada local é utilizado pelos alunos e professores;
  • Dimensão funcional: a forma como o espaço é utilizado e suas múltiplas possibilidades;
  • Dimensão relacional: quem utiliza cada ambiente e de que maneira.

É importante que a organização da estrutura física da escola seja planejada para o desenvolvimento da capacidade cognitiva e motora, mas também é preciso pensar na socialização dos alunos.

Este aspecto é importante especialmente no Ensino Médio, quando os alunos desenvolvem sua própria identidade e aprendem habilidades que serão fundamentais para a fase adulta. 

Assim, o espaço da escola deve incentivar ideias e interesse em aprender, além de ser agradável, confortável e estimular o convívio social e de lazer entre os estudantes.

Além disso, o uso da tecnologia na educação ajuda a tornar o processo de ensino e aprendizagem cada vez mais personalizado. 

Um exemplo disso é a Educação 4.0, em que a sala de aula tradicional é substituída por um ambiente mais colaborativo, dinâmico e interativo. 

Com isso, a tendência é que a educação seja uma ação contínua, indo além dos muros da escola e estendendo-se por todos os momentos da vida do estudante.

Como manter o desenvolvimento dos estudantes, apesar do distanciamento físico

A pandemia de Covid-19 e a suspensão das aulas presenciais em 2020 trouxeram mais um desafio aos educadores: continuar desenvolvendo as habilidades e incentivando a autonomia dos alunos mesmo sem acesso ao espaço físico da escola.

A proposta pedagógica, então, precisou ser adaptada aos novos tempos para que o processo de ensino e aprendizagem continuasse sendo desenvolvido.

Para resolver esse e outros problemas, o ensino híbrido foi adotado por diversas instituições de ensino ao redor do mundo para retomar o aprendizado sem colocar em risco a segurança de alunos, professores e demais profissionais das escolas.

Assim, o revezamento de turmas, com uma parte dos alunos estudando à distância e outra parte presencialmente, bem como intervalos alternados e outras medidas de segurança, tornaram-se parte da rotina de muitas instituições de ensino.

Porém, para que essas medidas sejam bem-sucedidas, é fundamental elaborar um horário escolar equilibrado e voltado para melhorar cada vez mais o aprendizado.

Com o URÂNIA, é possível elaborar horários híbridos com alta qualidade pedagógica e facilitar o distanciamento físico.

Além disso, pensando na volta às aulas presenciais e nos desafios enfrentados pelos gestores, a GEHA Sistemas Especialistas, empresa desenvolvedora do URÂNIA, implementou melhorias no software para facilitar o processo de elaboração de horários híbridos.

Agora, com o URÂNIA, você pode:

  • Equilibrar a distribuição das turmas presenciais em vários dias;
  • Dividir a grade curricular atual entre turmas presenciais e remotas;
  • Criar apenas um horário com turmas totalmente presenciais, totalmente remotas ou turmas híbridas;
  • Auxiliar no cálculo da quantidade de turmas presenciais e remotas;
  • Dividir uma turma atual em duas ou mais, dependendo da quantidade desejada de alunos;
  • Juntar duas ou mais turmas para assistirem aulas remotas ao mesmo tempo.

Essas funções são exclusivas do URÂNIA e foram criadas para ajudar as escolas a enfrentarem esse momento delicado quando é necessário equilibrar o aprendizado com os cuidados sanitários preconizados pelas autoridades de saúde.

Com um horário híbrido de qualidade, é possível criar um espaço físico seguro e alinhado à proposta pedagógica da escola. 

Conte com o URÂNIA para elaborar grades pedagogicamente mais equilibradas e que influenciam diretamente no aprendizado dos estudantes!

Entre em contato conosco e confira todas as vantagens de utilizar a tecnologia para facilitar a gestão escolar.