😷 COVID-19: Novo Horário de Atendimento! Via Telefone: Seg a Sex das 09h às 16h | Via CHAT, E-mail e WhatsApp: Seg a Sex das 09h às 18h

Como o URÂNIA esteve ao lado das escolas desde o início da pandemia

Tempo estimado de leitura: 6 minutos

URÂNIA

A pandemia de coronavírus surgiu como um desafio sem precedentes, com impacto em todos os setores da economia, inclusive na educação. De maneira repentina, as escolas precisaram adaptar seus métodos de ensino para realizar aulas à distância e minimizar os impactos do isolamento no aprendizado dos alunos. 

Nesse cenário, a GEHA Sistemas Especialistas, desenvolvedora do URÂNIA, aproximou-se ainda mais de seus parceiros para oferecer suporte a essa adaptação. 

Para contar mais sobre as ações que foram realizadas durante a pandemia, realizamos uma entrevista com José Roberto Andrade Filho e Guilherme Costa Straube, sócios da GEHA Sistemas Especialistas, que compartilharam suas experiências conosco.

Como a GEHA apoiou as escolas durante a pandemia

O URÂNIA está presente em escolas por todo o Brasil e, por isso, várias realidades diferentes começaram a surgir desde os primeiros momentos da pandemia.

“Com as escolas fechadas não havia muito a ser feito, então nossa atenção foi para o futuro. Começamos a imaginar como poderia se dar o retorno às aulas presenciais, não importando quando isso aconteceria. Como nossa expertise é toda sobre grades horárias de professores e seus impactos na qualidade da educação, focamos na solução desta que é uma das atividades mais desafiadoras da moderna gestão escolar”, conta José Roberto.

José Roberto – Sócio da Geha Sistemas Especialistas

Naquele momento, a decisão foi reforçar a posição da empresa junto às escolas parceiras e assumir o desafio de ajudá-las como fosse possível.

A partir disso, a equipe do URÂNIA iniciou uma ampla pesquisa com toda a rede nacional de educação para identificar as ideias que estavam surgindo para o futuro das escolas pós-pandemia.

A prioridade foi criar possíveis cenários que garantissem, ao mesmo tempo, o retorno às aulas presenciais e a segurança da comunidade escolar.

Método GEHA de elaboração de horários híbridos

Nesta pesquisa foram identificados os principais desafios da educação brasileira durante a pandemia e suas possíveis soluções, como explica José Roberto.

“A partir dessa conversa com profissionais da educação de todo o país, concluímos que o modelo híbrido de educação era o que mais apresentava possibilidades de sucesso. Era quase um consenso entre os educadores, gestores e especialistas de forma geral. Assim, trouxemos o problema para dentro de casa e nos debruçamos sobre ele. Criamos o método GEHA de elaboração de horários híbridos, onde conseguimos diminuir a quantidade necessária de professores extras para trazer de volta os alunos para as escolas, de forma segura e eficiente.”

O resultado dessa pesquisa está presente no e-book gratuito “Volta às Aulas Presenciais: Como Montar um Horário Híbrido Otimizado”, que contém um passo a passo para a elaboração eficiente de horários para o modelo de ensino que mescla aulas presenciais e remotas.

“A principal vantagem deste modelo é a viabilização. Ao impedir um grande aumento no número de aulas semanais, o método viabiliza o horário em relação à quantidade de salas de aula necessárias, assim como também em relação ao menor custo com horas-aula”, complementa Guilherme Costa Straube, sócio da GEHA.

Liberação de turmas adicionais e congelamento do preço do URÂNIA

Após o ensino híbrido surgir como o principal modelo a ser adotado pelas escolas, a equipe decidiu adaptar o URÂNIA para atender às novas necessidades dos gestores e professores.

“O passo seguinte seria a implantação de melhorias ao URÂNIA, especificamente para facilitar o processo de elaboração do horário híbrido. Porém, nosso modelo de negócios, com a assinatura anual por porte de escolas, passou a ser um complicador, visto que o horário híbrido demanda a criação de novas turmas. Então tomamos a decisão de liberar turmas adicionais, sem custos para as escolas, para que nossos usuários pudessem resolver integralmente seus horários híbridos, com quantas turmas fossem necessárias”, diz José Roberto.

O cronograma de comunicações financeiras também foi totalmente alterado e os cancelamentos por inadimplência foram temporariamente suspensos.

Com isso, o preço da assinatura do URÂNIA continua o mesmo valor praticado em dezembro de 2019, tanto para a primeira licença quanto para as renovações. Portanto, as escolas que estão passando por dificuldades devido à crise contam com mais esse apoio.

Projeto GEHA Solidária

A GEHA Solidária é a área voltada a ações sociais que, durante a pandemia, teve uma importância ainda maior no auxílio às escolas. 

Os desafios do ensino híbrido não se limitam apenas aos parceiros do URÂNIA, por isso foi criada uma ação para ajudar outras instituições de ensino a passarem por este momento delicado.

“Para ajudar também aquelas escolas que ainda não são usuárias do URÂNIA, mas que também viverão os desafios de criar um horário híbrido, resolvemos lançar, dentro do nosso Projeto GEHA Solidária, uma ação de liberação de assinaturas gratuitas da versão integral do URÂNIA, que poderão ser utilizadas durante 7 dias para que a escola consiga gerar sua grade horária dentro do modelo híbrido ou mantendo-se no modelo tradicional”, explica José Roberto.

Lançamento da nova versão do URÂNIA com funções para horários híbridos

Após conversar com as escolas e identificar suas necessidades, a equipe do URÂNIA decidiu antecipar o lançamento da nova versão do software, que inclui melhorias para facilitar ainda mais a rotina escolar.

“Quando percebemos que as agruras do Covid-19 trariam novos desafios para nossos clientes, resolvemos ouvi-los a este respeito. Identificadas suas dificuldades, procuramos soluções que se mostrassem viáveis e que impactassem o mínimo na vida da escola. O método encontrado forçou uma alteração na estrutura dos dados do URÂNIA e, pela urgência, achamos por bem antecipar o lançamento da nova versão”, destaca Guilherme.

Guilherme Costa Straube – Sócio da GEHA Sistemas Especialistas

Com isso, foram implementadas melhorias no software para facilitar o processo de elaboração de horários híbridos, incluindo novas funções para ajudar na organização das turmas. 

A partir de setembro, a atualização estava disponível para as mais de 6 mil escolas em todo o Brasil que resolvem seus horários com o software.

De acordo com Guilherme, partindo de turmas previamente cadastradas, a nova versão do URÂNIA não apenas orienta como também facilita bastante a criação de novas turmas, sejam elas híbridas, presenciais ou remotas.

#JuntosVoltaremosàNormalidade

Segundo José Roberto, o objetivo inicial não era criar uma campanha específica, mas as ações de apoio às escolas cresceram de acordo com as necessidades do momento.

“Diante de tantas ações voltadas para o mesmo fim – diminuir os impactos da pandemia para a gestão escolar –, e ainda facilitar a comunicação de tantos benefícios, agregamos tudo na #JuntosVoltaremosàNormalidade, que, muito mais que apenas uma campanha, mostrou-se a manifestação palpável da nossa filosofia e razão de existir: a preocupação e parceria com as pessoas que fazem as escolas brasileiras”, diz.

Em 2021, a GEHA completa 35 anos de pesquisas e desenvolvimento de soluções em elaboração de horários escolares e os sócios contam que em breve será anunciada uma surpresa para os usuários do URÂNIA.

“Para o futuro, acredito que o desejo de todos é que se retorne à normalidade o quanto antes. Independentemente do tempo que leve para que isso se efetive, continuaremos atentos às necessidades e realidade de nossos clientes”, ressalta Guilherme.

Conte com a GEHA para o retorno às aulas presenciais! O URÂNIA é a solução definitiva para a elaboração de horários escolares e continuamos evoluindo incansavelmente para apoiar nossos parceiros e clientes. 
Entre em contato e conheça todas as vantagens de contar com o sistema no dia a dia da sua escola.