Blog

10 de abril de 2017

4 metodologias práticas para gestão escolar eficiente

GESTÃO ESCOLAR

4 metodologias práticas para gestão escolar eficiente

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

Você já conhece ferramentas como a Matriz SWOT, Matriz de Gestão, 5S ou 5W2H? Sabe como elas funcionam e a suas aplicações? Confira nesse artigo como explorá-las na gestão escolar.

10 de abril de 2017 - 18:16 - atualizado em 11 de abril de 2017 - 15:32

A gestão escolar eficiente é primordial para que a instituição tenha controle total das variáveis que afetam o seu dia a dia. Problemas com a falta de planejamento e organização da rotina geram uso ineficiente de recursos e transtornos que podem prejudicar de forma séria o funcionamento da escola, como o acúmulo de dívidas e impostos, horários de aulas desorganizados, professores orientados de forma inadequada, falta de materiais básicos e diversos outros.


Existem diferentes ferramentas que auxiliam o gestor escolar no seu dia a dia.


Confira abaixo 4 metodologias para uma melhor administração da sua escola. 

1) Análise SWOT

SWOT é uma sigla para Strengths (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças) e, por isso, esse tipo de análise também pode ser chamada de "Análise FOFA".Trata-se de uma análise de ambiente, ou de cenário, utilizada para a gestão estratégica de uma instituição, como uma escola, essencial para ajudar na tomada de decisões.


Para aplicar a metodologia da análise SWOT, é preciso levantar o maior número possível de informações para cada hipótese a ser analisada. Ou seja, verificar quais são as principais Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças do ambiente escolar. Dessa forma, é possível identificar o que precisa mudar na gestão atual e o que deve ser reforçado para que a instituição atue com excelência.

2) 5S

Utilizada para ajudar na organização, de uma forma simples ela pode trazer resultados expressivos em termos de produtividade. Podendo ser aplicada na organização das salas de aula, escritórios e almoxarifados. O método tem esse nome por ser baseado em 5 palavras japonesas: seiri (senso de utilização), seiton (senso de arrumação), seiso (senso de limpeza), shitsuke (senso de disciplina) e seiketsu (senso de higiene).


Para utilizar essa metodologia no ambiente escolar, portanto, é preciso analisar:

  1. Como os recursos (materiais, ferramentas, informativos, documentos etc.) estão sendo utilizados;
  2. Se a arrumação está correta e adequada; isto é, se cada item está em seu devido lugar;
  3. Se a escola está realmente limpa (salas de aula, banheiro etc.) e proporciona boa aparência;

  4. Se o local é disciplinado; isto é, se há uma padronização no funcionamento;

  5. E, por fim, se há normas claras para a higiene e arrumação do ambiente escolar.

3) 5W2H

Tratando-se de uma ferramenta para obter melhorias em relação à produtividade, o 5W2H é uma metodologia de gestão que pode ajudar a economizar muito tempo e recursos por parte da escola. A sigla se refere aos "5 W" (What? Why? Where? When? Who?) e "2 H" (How? e How Much?).


Para a implementação desse método, será necessário responder às seguintes questões:

  • O que será feito?
  • Por que será feito?
  • Aonde será feito?
  • Quando será feito?
  • Quem fará?
  • Como será feito?
  • Quanto custará?

O 5W2H pode ser implementado para auxílio desde a organização de pequenas tarefa à projetos mais complexos, dando uma melhor perspectiva e direcionamento às demandas.

4) Matriz de gestão do tempo

Indicada para todos os tipos de empresas, a Matriz de gestão do tempo é uma metodologia simples e que proporciona grandes resultados em relação à produtividade. Ela ajuda a organizar as atividades diárias a serem executadas, dividindo as tarefas por importância e urgência, de uma forma visual e simples de compreender.


Para implementar esse método no dia a dia, relacione todas as atividades que devem ser realizadas na semana, crie um documento, podendo ser um planilha, apresentação ou até mesmo uma folha de papel. E, divida-o em 4 partes, nomeando cada parte com os seguintes títulos: 

  • Não importante e urgente (delegar para outra pessoa)
  • Importante e urgente (fazer imediatamente)
  • Não importante e não urgente (eliminar)
  • Importante e não urgente. (planejar)

Agora insira cada uma das tarefas no documento de acordo com a importância e urgência, assim você consegue visualizar exatamente o que deve fazer, delegar, planejar ou eliminar.

Conclusão

Ao longo deste artigo, você pôde acompanhar 4 metodologias para melhor administração da escola, deixando ele mais planejado, organizado e preparado para lidar com as intempéries da rotina de uma escola. Colocando esses conceitos em prática, é possível obter uma gestão escolar eficiente e, dessa forma, colher as melhorias que você planeja para a sua instituição, eliminando os principais empecilhos para seu perfeito funcionamento.


Se você gostou desse artigo, clique aqui: http://bit.ly/2nBpdFK e veja o nosso próximo post sobre gestão escolar ;)

10 de abril de 2017 - 18:16 - atualizado em 11 de abril de 2017 - 15:32

COMENTÁRIOS PARA ESTE POST